20140307_Portugal-troika

A Troika deixou Portugal mas desengane-se quem pensa que foi porque o programa de ajustamento foi concluído com sucesso. Na verdade, a Troika abandonou o país porque também foi obrigada a emigrar.

«Há poucas ofertas no nosso sector», garantem os senhores do FMI, Banco Central Europeu e Comissão Europeia. «Ainda me lembra quando havia imensa coisa para cortar… era uma maravilha, o telefone não parava de tocar, havia dias em que chegava a cortar em pensões, salários, tudo…», recorda o senhor do FMI. «Agora é uma tristeza, parece que já está tudo cortado», conclui.