Num altura em que cresce a pressão para sair do Governo, o Imprensa Falsa sabe que Theresa May recebeu esta manhã um convite irrecusável por parte da Federação Portuguesa de Futebol. “Queres ou num queres, vê lá, que eu não tenho a manhã toda, estás a ouvir?”, perguntava Simplício Catão, enviado pela Federação para negociar com a ainda chefe do governo britânico.

“Let me think”, pediu May. “Mas think clever, porque isto é uma oportunidade única”, lembrou o negociador.

A ideia dos responsáveis da federação é que, com Theresa May, não saímos do euro, nem que queiramos, que é o mais interessante. “Mesmo que quiséssemos sair, sei lá, porque temos outras coisas combinadas, não dá, não conseguimos”, explica fonte da órgão máximo do futebol português.