josesocratesJosé Sócrates anunciou esta sexta-feira que processou o Estado português por este ter ultrapassado os prazos de investigação a um alegado esquema de alegada corrupção do alegado ex-primeiro-ministro, ai não, ex-primeiro-ministro pode dizer-se porque foi mesmo, não é só alegado.

No processo que move agora contra o Estado, Sócrates pede uma indemnização mas não se lembrou que este dinheiro podia pedir legitimamente e é legal, portanto pediu para ser pago ao seu amigo de infância através de uma empresa manhosa.

“O valor da indemnização deve ser entregue à sociedade Simplício Islands, Limited, que por sua vez entregará ao meu amigo de infância como pagamento de uma suposta prótese dentária”, pode ler-se no processo que deu hoje entrada.