[the_ad id=”10494″] Depois de se sagrar campeão europeu de triplo salto, Nelson Evóra parou para comer um cachorro a caminho de casa. Até aqui tudo bem, mas quando foi levantar dinheiro o sistema estava em baixo, num apagão que se sentiu de norte a sul do país.

O atleta teve então de liquidar a conta do dois cachorros e um refrigerante com a medalha de ouro acabada de conquistar em Berlim.

Como conseguiu meter-se em Portugal tão depressa? É simples. Deu um salto.