O rato Mickey acaba de celebrar 90 primaveras, mas não parece nada. Aliás, são muito poucos os que lhe dão esta idade, pois o popular boneco da Disney continua a ser muito infantil. 

“É só brincadeira, só brincadeira, eu numa ocasião até lhe perguntei se ele não achava que já tinha idade para ter juízo”, lembra Simplício, funcionário da Disney, “mas ele nada e ainda me pregou um partida”. 

Por parte da Disney, ninguém se queixa, até porque esta personalidade do rato continua a render bom dinheiro. Já o pedopsiquiatra Pedro Gaiato, que acompanha o rato há vários anos, admite que o Mickey é o seu paciente mais velho, com mais 80 anos do que a média que vai às consultas de Gaiato.