Press "Enter" to skip to content

Portugueses cada vez mais interessados em desportos competitivos e saudáveis, como o arremesso do tronco

[the_ad id=”10494″] De há uns tempos a esta parte, os portugueses têm mostrado cada vez mais interesse em desportos verdadeiramente competitivos e saudáveis, com o arremesso do tronco, uma modalidade que no fim-de-semana passado juntou 60 mil portugueses num descampado.

Houve patuscada, convívio e depois, claro, arremessaram-se uns troncos, como deve ser. “Tu vais vencer, Vítor, tu vais arremessar, esse tronco ao infinito, la la la la la la, força Vítor, arremessa por nós”, gritava a claque de um dos atletas, enquanto tratava das bifanas.

De repente, confusão numa bancada, chegou-se a pensar que nem no arremesso do tronco há sossego, mas era só uma abelha.

“Só eu sei, porque não arremesso em casa”, continuavam os adeptos da bancada norte. “Porque não tens pé direito suficiente”, respondiam os da bancada sul, sempre com boa disposição. Vítor mandou o tronco aos 72 metros e saiu de lá com o primeiro prémio, 100 quilos de lenha.

[the_ad id=”13302″]