Chegou ontem a Portugal o hacker Rui Pinto, depois de a Hungria aceitar o pedido de extradição feito por Portugal. Recorde-se que Rui Pinto está acusado de revelar segredos do mundo de futebol.

No entanto, o Imprensa Falsa sabe que o interesse de Portugal não está relacionado com os crimes de que Rui Pinto é acusado. Portugal só quis o kacker deste lado para o colocar à frente do Portal das Finanças durante a entrega do IRS, que está por dias. 

A entrega do IRS costuma ser sempre complicada, com a página da autoridade tributária a ceder ao cabo de algumas horas. Rui Pinto não só terá conhecimentos suficientes para manter o Portal sempre activo como inclusivamente pode comunicar logo se os dados que os contribuintes estão a declarar são verdadeiros, depois de lhes entrar no computador.

“No fundo, as pessoas entram no Portal das Finanças, que por sua vez entra nas pessoas, numa via de dois sentidos”, explica fonte das Finanças. 

Assim, quando se tentar declarar alguma coisa falsa, o Portal das Finanças, comandando por Rui Pinto, enviará logo a mensagem “Querias!” e obriga o contribuinte a rever a declaração.