Num contra-ataque, Ronaldo terá atingido 34 km/h e quando Rui Patrício gritou “olha o Fisco” terá mesmo chegado aos 68 km/h

[the_ad id=”10494″] Ronaldo chegou aos 34 km/h num contra-ataque durante o primeiro jogo de Portugal no Mundial, contra a Espanha. Isto antes de Rui Patrício gritar “olha o Fisco”, porque nesse momento o melhor jogador do mundo terá chegado mesmo aos 68 km/h, o que é rápido mesmo para a estrada à volta do estádio, onde o limite é de 50 km/h.

Segundo o Imprensa Falsa conseguiu apurar, é o próprio Ronaldo que pede estes incentivos durante o jogo. No momento do livre que deu origem ao empate, alguém gritou, dentro de campo, “isso não é uma bola, são os teus rendimentos”, e o craque chutou para longe sem que ninguém pudesse agarrar.

“Vamos lá pessoal, somos 11 contra 11 inspectores, concentração máxima”, exigia o capitão, ao intervalo.

[the_ad id=”13302″]

Sobre o autor

Zé Pedro Silva
facebook.com/zepiter | instagram.com/zepiter | zepiter@gmail.com