[the_ad id=”10494″] A esta hora, há muitos portugueses alcoolizados no trabalho, algo que não acontecia há pelo menos 24 horas. Alguns portugueses ainda se recordam desse dia de ontem, em que também foram para o trabalho com um grão na asa.

“Então mão me recordo, como se fosse ontem”, recorda Pedro Maroto, “entrei no escritório já meio torto e comecei a assediar sexualmente praticamente tudo, incluindo equipamento como fotocopiadoras, etc.”.

Maroto acabaria por só conseguir mesmo sacar uma fotocopiadora. “A máquina da água também dançou comigo, mas eu confesso que estava mais virado para a fotocopiadora… não sei explicar, faz-me muita impressão”, acrescenta.

Se a desculpa de hoje é o jogo entre as selecções de Portugal e Marrocos, ontem era outra desculpa, que também era boa.

[the_ad id=”13302″]