O ministro da Defesa lá acabou por se demitir na sequência do escândalo do furto de material militar de Tancos. No entanto, como seria de esperar, esta não foi uma demissão normal.

Depois de anunciar a sua saída, Azeredo Lopes apareceu noutro ministério, mais concretamente o da Agricultura. “O que estás aqui a fazer, Azeredo?”, terá perguntado o titular da pasta da Lavoura, ao encontrar o seu ex-colega na sua secretária.

“Isso gostava eu de saber, amigo Capoulas”, respondeu Azeredo Lopes, “deixaram-me aqui, a mim e a mais esta caixa”.