Marcelo participou na abertura do ano judicial porque não falha uma calamidade

“Muito obrigado por ter vindo, senhor presidente”, era desta forma que recebiam o Presidente da República, esta quinta-feira, na abertura do ano judicial. “Não tem de agradecer, mal soube vim logo para aqui”, terá respondido o chefe de Estado, que se começou a inteirar da situação.

No exterior da cerimónia, Marcelo explicou que ia a passar perto quando ouviu na rádio que estava a abrir mais um ano judicial.

Entretanto, o Chefe de Estado admite que gostava de visitar as vítimas da Justiça, mas a Constituição não lhe permite fazer 50 mandatos e por isso diz que tem de dar um “olá” geral.

Sobre o autor

Zé Pedro Silva
facebook.com/zepiter | instagram.com/zepiter | zepiter@gmail.com