O Presidente da República já chegou a Portugal depois da sua visita de Estado a Angola. Marcelo veio todo o caminho pendurado no avião, a cumprimentar as pessoas que iam acenando no solo, ao longo de todo o trajecto.

Para além das pessoas no solo, alguns mais corajosos foram mesmo em balões até junto do Chefe de Estado português, o que obrigou o piloto a ir com muita atenção.

“Sempre é melhor que drones, porque os balões vêem-se melhor”, explica o comandante Simplício.

Recorde-se que é muito pouco recomendado viajar com a porta aberta do avião, mas neste caso, tal como nos automóveis blindados em Angola, as janelas também não abriam.