Depois do fracasso que foi a encenação da descoberta na Chamusca do material roubado em Tancos, o Imprensa Falsa sabe que a próxima encenação vai estar a cargo de Filipe La Féria, que já está em ensaios.

“O Maldita Artilharia é no fundo uma devolução de material de guerra em Tancos, como já sabem, mas de uma forma muito mais espectacular e intrigante, mais ainda que o próprio assalto”, explica o encenador, que admite o uso de algum desse material durante o espectáculo. 

“Temos de rebentar umas coisas, claro, porque isto sem explosões era uma ópera, ia-se tudo embora”, brinca.

Maldita Artilharia contará com João Baião, Marina Mota, Anabela, entre outros grandes artistas.

Já esta segunda-feira, nos ensaios, João Baião fez a abertura, dançando entre o material. “Aqui, ali, roubado?, furtado?, o material está aquiiiiiiii (orquestra) granada de mão, aqui ao pé… lança granadas, ai não que não lanço, bobines e muniçõeeeeeeeees”, pode ouvir-se na música de abertura.