Jean-Claude Juncker apoiou desde a primeira hora o resultado da consulta feita aos europeus, que optaram por acabar com a mudança da hora.

Nas declarações feitas, o presidente da Comissão Europeia afirmava que era importante respeitar a escolha feita pelos europeus, mas o Imprensa Falsa sabe que o motivo para Juncker apoiar a medida é outra.

Assim, o interesse do luxemburguês é deixar de chegar a casa de dia quando está com a ciática, que é uma dor que afecta os membros inferiores, logo anda muito devagar e nem sempre em linha recta, o que faz com que demore mais do que é costume. “Há dias em que me chega aí às nove”, explica uma fonte muito próxima, “assim passará a chegar às oito, menos mal”.

Por outro lado, pôr a chave na porta, quando se está com a ciática, também não é tão fácil, mas isso a luz do dia até ajudava.