O jovem suspeito de ter entrado no sistema informático do Benfica garante que só escreveu “Benfica” no Google e culpa José Sócrates, que lhe deu um Magalhães há uns anos mas que ainda é uma máquina incrível. 

“Eu ia pesquisar “Benfica” no Google, mas de repente, como estava no Magalhães, entrei em todo o sistema do clube”, explica o alegado hacker, “e eu vou assim ‘mas tu não podes estar aqui, Simplício Miguel, é melhor ires embora’, mas depois é aquela curiosidade, não é?”. 

Certo é que o jovem acabaria por ler uma série de e-mails que, garante agora, não passou a ninguém. “O Magalhães é que partilhou, porque isto partilha como ainda não se inventou nada parecido”, explica este informático que culpa José Sócrates pelo computador que lhe meteu em casa. “Ele terá de responsabilizar, isto é um monstro”, conclui.