Governo vai reduzir velocidade nas cidades para 30 km/h e terá de ser em marcha à ré, pois não será permitido andar para a frente

O Governo tenciona reduzir a velocidade para 30 km/h dentro das cidades, mas não são 30 km/h para a frente. A ideia é limitar a velocidade a 30 km/h em marcha à ré, ou seja, já não será permitido andar para a frente. Esta é uma medida para aumentar a segurança, sem obrigar o Estado a cumprir, entre outras coisas, a sua função.

A 30 km/h talvez não se verifiquem vítimas da falta de reparação das estradas, da falta de pintura de passadeiras, da deficiente sinalização ou da inexistente iluminação.

Se não resultar, apurou o Imprensa Falsa, a velocidade passará para 15 km/h e depois mesmo para 0 km/h, que é a velocidade mais segura de todas, embora possam cair coisas do céu.

“Para além da segurança, esta solução poupa muito dinheiro na medida em que já hoje mandámos devolver umas latas de tinta que tínhamos aí para pintar as estradas”, admitiu fonte do executivo.

Partilhe esta notícia:

Sobre o autor

Zé Pedro Silva
facebook.com/zepiter | instagram.com/zepiter | zepiter@gmail.com