Era um ponto que o fundador da Web Summit não aceitava negociar: os jantares no Panteão no fim do evento. O Governo ainda tentou convencê-los a fazer a festa no Chimarrão do Parque das Nações, mas não foi possível chegar a acordo. Tinha de ser no Panteão.

Perante isto, jamais esteve em cima da mesa desistir da realização do evento por causa de um jantar e por isso o Governo acabaria por ceder. Tal decisão levantava o mesmo problema que foi levantado na edição passada e que se prendia com a falta de respeito pelas figuras históricas que repousam naquele monumento histórico.

Por razões que ainda ninguém consegue explicar, os heróis da pátria desapareceram ontem à noite do Panteão e apareceram esta manhã na Chamusca.

“No limite nem houve trasladação”, afirmou entretanto o chefe do Governo, que não consegue explicar ainda muito bem o que se passou, mas sublinha que o importa é ter sido resolvido o impasse.