Respeitadora da sabedoria popular, a EDP anunciou esta quarta-feira que vai cobrar mais uma vez a factura que já cobrou duas vezes, tudo porque “não há duas sem três”.

“A nossa ideia era devolver o segundo débito, mas alguém lembrou aqui e bem, ‘então e o que diz o povo, que não há duas sem três, não conta?’, e claro que conta, fomos sensíveis a isso”, explica Miguel Luz, da comunicação da EDP.

Recorde-se que o primeiro erro esteve relacionado com uma comunicação com o banco, que terá provocado um segundo débito. O que nunca sucedeu, em termos de erro, foi passar um mês sem cobrar a respectiva electricidade.

“Pois, a comunicação com o banco nunca deu para não se cobrar nada e deixar o cliente com luz à borla uns dias… são muito espertos”, recorda Simplício, até ficar sem luz. “Mas eles não têm culpa, naturalmente, é derivado da comunicação”, corrigiu Simplício e já voltou a ter luz.