A investigação do Ministério Público às moradas falsas que os deputados dão para receber mais subsídio de deslocação ainda está em curso, mas o Imprensa Falsa sabe que os 210 deputados que moram alegadamente em Trás-os-Montes já não estão a ser investigados.

Os parlamentares alegaram que usam o Metro de Lisboa e que por isso, em termos de tempo, daria San Sebastian mas não podem pôr uma morada espanhola, por isso puseram ali para o distrito de Bragança.

“Numa ocasião, vim mesmo de Bragança e quando cheguei percebi que era mais rápido do que de Metro do Bairro Azul à Baixa-chiado”, explica um deputado que não quer dar o nome, mas pode dar a password para alguém marcar as presenças por ele. 

Entretanto, o Ministério Público segue agora com a investigação aos cinco deputados que não deram uma morada para lá do Marão.