“Ainda hoje me revolta quando oiço alguém dizer que o furacão Leslie não fez nada”, confessa um parlamentar que mora nas avenidas novas, em Lisboa, mas a residência foi parar a Trás-os-Montes. 

Notícias recentes dão conta de uma investigação do Ministério Público às residências falsas dos deputados. Alguns parlamentares terão dado moradas que não as suas para auferir mais subsídio de deslocação, mas os mesmos garantem que não é nada disso, foi antes um fenómeno meteorológico, nomeadamente o furacão Leslie. 

Confrontados com o facto de o furacão Leslie ter passado há muito pouco tempo por Portugal e eles já aldrabarem a morada há muitos anos, são peremptórios: “Então foi o El Niño… alguma coisa foi, não foi só uma nortada”. 

Recorde-se que o Ministério Público está a ter muita dificuldade nesta investigação, sobretudo quando precisa de fazer escalada, como foi o caso de procurar as casas de alguns deputados que deram moradas no Monte Evereste.