A surpresa foi grande para os automobilistas que esta terça-feira tentaram abastecer nos postos da GALP. “40 euros de gasóleo? Não temos. Sabia que o gasóleo é 40% petróleo? Pois é…”, afirmou um funcionário de uma das áreas de serviço da petrolífera.

“Petrolífera? Não. Nem pensar Agora só carregamos trotinetes partilhadas, com energia produzida pelo vento”, explica, entretanto, uma fonte da companhia. 

Segundo o Imprensa Falsa conseguiu apurar, a GALP terá conhecido uma pessoa e mudou radicalmente. Desistiu do furo em Aljezur, deixou de vender combustíveis, é agora vegan e só mantém os postos abertos para carregar trotinetes eléctricas. 

Nos postos, em vez de Gasolina 95, Gasóleo Cromo, Gasolina 98 e Gasóleo Simples, as mangueiras deitam agora sumos naturais de Frutos Silvestres, Maracujá, Cenoura e Laranja e Melancia, tudo sem açúcar.