[the_ad id=”10494″] A líder do CDS foi a primeira a votar neste domingo de eleições autárquicas. Quando Assunção Cristas chegou à mesa de voto, ainda nem as pessoas da mesa tinham chegado. “Acordaram-me a dizer que estava aí uma eleitora para votar e eu vim a correr”, explica Simplício, presidente daquela mesa.

Entretanto, depois de votar, Cristas teve de ir buscar o carro à EMEL. Do parque de rebocados irá para a missa e depois novamente para o parque de rebocados, para levantar novamente o carro. Depois irá almoçar, novamente até à EMEL para levantar o carro, pela tarde deve visitar um familiar, EMEL e depois irá para a sede do partido.

Recorde-se que os jornalistas só conseguiram trocar umas impressões com a candidata centrista à Câmara de Lisboa porque a mesma se encontrava bloqueada.