São três os Canadair que a esta hora já deviam estar a descansar, depois da época de incêndios, mas que têm de passar o dia a descarregar água na Web Summit, tudo para arrefecer as ideias e evitarque algum empreendedor entre em combustão. 

“É uma medida de precaução, quando cá estiveram da primeira vez não largámos água e acabou por se gerar um foco de incêndio que alastrou aos concelhos de Loures e Alcochete, felizmente sem consequências”, esclarece fonte da Protecção Civil. 

Entretanto, foi também enviado um sms para as pessoas que residem ou trabalham perto da Web Summit, a alertar para os riscos, mas a mensagem só deverá chegar um dia destes porque foi enviada pela EMEL, cujo computador leva diariamente marradas de automobilistas furiosos e portanto está um pouco lento. 

A operação dos Canadair só pode ser realizada durante o dia, uma vez que não podem voar à noite. Nessa altura, também, não seriam necessários pois o sistema de arrefecimento passa a ser a cerveja. 

“Os Canadair podiam era largar cerveja”, brinca um empreendedor, que acaba assim por ter mais uma grande ideia. “Entrámos neste momento na primeira fase de desenvolvimento do projecto que é pedir dinheiro a toda a gente para desenvolvermos o projecto”, explica Simplício, CEO da nova startup Cañadair.