O primeiro-ministro voltou esta sexta-feira a defender-se do CDS com um ataque. “Deve ser pela calvície do senhor ministro do Ambiente que a senhora apresenta esta moção de censura ao Governo”, afirmou o chefe de Estado, numa resposta à líder centrista 

Depois desta declaração, Costa anunciou um investimento de cerca de 5000 euros num transplante capilar ao titular da pasta do Ambiente, “um investimento em transplantes capilares maior que qualquer outro feito pelo anterior governo”. 

Incrédulo, o CDS continua a dizer que não tem nada a ver com a calvície do ministro do Ambiente e lembra que tem muitos amigos carecas.