Há quase duas décadas que um casal compra Mon Chéri por altura do Natal, mas a verdade é que nunca conseguiram provar o popular bombom, uma vez que só fica um, mas há sempre um amigo que volta atrás porque se esqueceu das chaves e acaba por levar o último. 

“Dizem que tem um licor lá dentro e inclusivamente se abusamos da quantidade já ficamos com um grão na asa”, explica Simplício, que já considera uma tradição não conseguir provar o doce. 

Por esta altura, muitas pessoas defendem que o casal já devia ter pensado em comprar mais Mon Chéri, para não acontecer sempre a mesma coisa.

“Nos primeiros anos, muito bem, nada a dizer, acontece, quando uma pessoa recebe amigos em casa tem de fazer com que se sintam bem, mas que diabo, então eles vêem que não chega e não compram mais uma caixinha?”, interroga-se um indivíduo que tem acompanhado o drama do casal. 

“Eu, no lugar deles, quando o outro volta atrás para as chaves, tinha de optar entre levar as chaves ou o Mon Chéri”, acrescenta outro indivíduo.