Um protesto de agricultores de Hay Day bloqueou esta segunda-feira várias cidades. Em causa está a falta de apoios públicos e comunitários aos aumentos dos silos, que são indispensáveis ao desenvolvimento da quinta e às subidas níveis.

“Nem um diamante, nem uns parafusos, umas tábuas, nada, não temos qualquer apoio do Estado”, reclamou um jogador de Hay Day, que admite vir a destruir toda a produção. “Vou vender ao desbarato, não tenho outro remédio”, concluiu Simplício. 

Por parte do Governo, o ministro da Agricultura não quis comentar o protesto por não saber se o assunto era dele ou do seu colega da Tecnologia. Só Marcelo comentou a manifestação, dizendo que está ao lado dos agricultores, mas também do Governo e até da Europa.