Esperava-se trânsito intenso esta manhã nas principais cidades portuguesas, mas em causa não esteve o protesto do movimento dos coletes amarelos, que ameaçavam parar o país.

Em causa, para o bloqueio dos acessos está novamente a senhora dona Simplícia, que não percebe as pressas.

“Já vai, tem calminha, que a segunda não entra, já entrou, ai, espera, esta é a quarta, já vai, já vai”, vai afirmando a senhora.

“Não ligo cá a políticas, eu bloqueio os acessos porque já mandei arranjar o carro mas vem sempre igual, não vê que as mudanças não entram?”, explica.