PGR aceita adiamento mas diz que processo da Operação Marquês tem de estar concluído o mais tardar até ao dia de São Nunca à tarde

Cerimónia de inauguração da Central Fotovoltaica do Mercado Abastecedor da Região de Lisboa.A Procuradora Geral da República aceitou o pedido de adiamento feito pelos investigadores, no âmbito da Operação Marquês, mas desta vez estipulou um prazo que não pode ser ultrapassado.

Assim, segundo nota da Procuradoria, o processo tem de estar concluído o mais tardar até ao dia de São Nunca à tarde.

“Não é no dia de São Jamais pela fresca nem no dia de Está Quase à noite, é o mais tardar até ao dia de São Nunca à Tarde”, pode ler-se na nota, não deixando margem para dúvidas.

Zé Pedro Silva

facebook.com/zepiter | twitter.com/zepiter | [email protected]