Nas mãos dos algoritmos

Parece que é desta que o Imprensa Falsa passa à clandestinidade. Notícias recentes dão conta de uma decisão do Facebook e da Google que passa a considerar os sites de notícias falsas na categoria de sites enganadores ou ilegais. No caso do Facebook, esta decisão só prejudica, em princípio, quem anuncia naquela rede social. Ora, o Imprensa Falsa não faz publicidade. No caso do Google, é o Google Adsense que querem cortar. O Google Adsense é uma espécie de esmola publicitária.

Esta decisão resulta da proliferação de informação enganadora durante as eleições norte-americanas. É claro que o problema não está na sátira e no humor, mas sim em sites que são verdadeiras fraudes, transmitindo notícias com o objectivo de enganar, seja por motivos políticos ou de mero lucro.

Muito divertido é perceber como é que a Google e o Facebook vão fazer essa separação entre o que é burla e o que é humor, porque os algoritmos são estúpidos que nem uma porta e eu não estou a ver estas empresas a contratar essa tecnologia completamente obsoleta que são os seres humanos.

Por outro lado, não deixa de ser curioso que vão ser as grandes multinacionais a dizer o que é verdade e o que é mentira ou o que os leitores devem ler e o que os leitores não devem ler. Claramente, é uma receita de sucesso que só pode funcionar bem.

Diga-se no entanto, em abono da mentira, que não se pode negar um problema em relação às burlas da internet, nas quais também encontramos informação falsa. Mas esse era um problema que os reguladores dos países deviam ter procurado resolver, antes de serem ultrapassados pelas empresas, que terão agora de fazer o seu trabalho.

Por cá, temos a ERC a dormir. Andam a ver os rodapés das televisões, não têm vagar para mais nada. Uma série de sites a aldrabar tudo e todos – aqueles que se chamam tuga não sei quê, Portugal não sei que mais – e nem um processo. Nada. Vejo quase diariamente e há bastante tempo pessoas a partilharem inadvertidamente burlas, mas não há uma única entidade a actuar sobre esses esquemas.

É fenomenal. E agora ficamos nas mãos dos algoritmos. Patético.

Zé Pedro Silva

facebook.com/zepiter | twitter.com/zepiter | [email protected]