Múmias amigas de Cavaco dizem que não conseguem ler o livro porque têm os braços presos e pedem ajuda


egito-16Cavaco Silva apresentou esta quinta-feira à tarde, em Lisboa, o seu livro de memórias “Quinta-feira e outros dias”. O evento atraiu à capital muitos zombies, o que prejudica sempre o trânsito porque eles deambulam pelos passeios e pela estrada.

Quem não pôde estar presente na cerimónia foram as múmias amigas do ex-presidente da República, que também já lembraram que não vão conseguir ler a obra do amigo pois têm os braços presos.

“Eu não sei como é que vai ser, mas alguém vai ter de nos ler a obra”, afirmou Simplícia, uma múmia que reconhece a dificuldade em protestarem, no caso de ninguém se oferecer para lhes ler o livro, mas garante que vão encontrar uma forma de se vingarem.

Zé Pedro Silva

facebook.com/zepiter | twitter.com/zepiter | zepiter@gmail.com