Indivíduo submeteu-se a mais de duas mil cirurgias para ficar igual ao seu emoji favorito

Um indivíduo submeteu-se a mais de duas mil cirurgias para ficar igual ao seu emoji favorito. Hoje, Simplício está muito satisfeito com o resultado.

“Estou satisfeito porque fiquei igual, aliás, queria mandar aqui uma palavra de reconhecimento ao doutor João Bisturi, pois se eu hoje sou um cagalhão é graças a ele”, afirma Simplício.

É praticamente desde que há emojis que Simplício quer ser igual a um. “No início o processo não foi simples, ainda por cima o cagalhão é o que tem menos forma de cara humana, ou melhor, depende da pessoa, não desfazendo”, acrescenta.

Sobre a reacção, Simplício diz que em geral as pessoas respeitam a sua escolha, mas há quem tente apanhá-lo com um saquinho.

Sobre o autor

Zé Pedro Silva
facebook.com/zepiter | instagram.com/zepiter | zepiter@gmail.com