Cansado de esperar pela acusação, José Sócrates acusou-se a ele próprio: São então seis crimes e ainda uma multa de estacionamento

Portugal legislative elections 2011: Socialist leader Jose SocratesO antigo primeiro-ministro não aguentou a pressão e com o fim do prazo para o Ministério Público a acusar, mas com a notícia de que pediu mais 60 dias, José Sócrates acabou por ser ele próprio a acusar-se.

“Espere lá, tenha calma, vai ver que eles ainda se esquecem disto”, tentou tranquilizar o seu advogado, mas Sócrates estava decidido a fazer a acusação.

“Corrupção passiva para a prática de atos contrários aos deveres do cargo, fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais, falsificação, recebimento indevido de vantagem e tráfico de influências”, apontou num requerimento que vai ser entregue no Tribunal. “E também tenho uma multa que ainda não prescreveu, parei em segunda fila”, concluiu.

Share

Zé Pedro Silva

facebook.com/zepiter | twitter.com/zepiter | [email protected]